Encontre a melhor canábis

5 Maneiras Principais De Identificar a Flor de CBD de Alta Qualidade 

Produtos CBD / Janeiro 21, 2021

Quer seja um purista ou apenas goste de misturar as coisas, poderá estar à procura da flor de CBD de alta qualidade. Não está sozinho. Charros, cachimbos, cachimbos de água (bongs), vaporizadores e muitos outros métodos de uso andam à volta da flor de cânhamo e podem dar um remédio potente para o que lhe possa doer.

Com o recente crescimento da popularidade do CBD, o mercado foi inundado de produtos com boa e má reputação. Isto pode fazer com que seja difícil encontrar uma marca ou variedade da flor de CBD que seja eficaz, agradável e segura. Reunimos algumas dicas sobre como identificar a flor de CBD de qualidade superior para que possa acabar com as suposições na sua próxima compra.

Siga estas 5 maneiras de identificar a flor de CBD de alta qualidade para evitar uma questão de remorsos do comprador.

Como Identificar a Flor de CBD de Alta Qualidade

Embora haja muitas maneiras diferentes de classificar e avaliar a flor de CBD de alta qualidade, vamos concentrar-nos em 5 características que consideramos as de maior impacto. São elas as condições de cultivo, aspeto, aroma, conteúdo de CBD e resultados laboratoriais.

Condições de Cultivo

As condições que envolvem o cultivo do cânhamo têm bastante a ver com o produto final que acaba nas mãos do utilizador.

Quer sejam de interior ou exterior, as plantas de cânhamo podem fazer muito bem quando são devidamente tratadas. Se forem cultivadas em condições desfavoráveis e utilizarem práticas agrícolas inadequadas, podem ser sinónimo de desastre.

Quando se trata de cultivar cânhamo no exterior, a planta requer bastantes cuidados e atenção, sobretudo se pensar no meio envolvente. Um produtor pode não ter o controlo total do ar, solo e qualidade da água, o que pode degradar a sua colheita.

Peguemos no exemplo de um cultivo de cânhamo localizado perto de uma mina de carvão ou de uma quinta com gado. Os subprodutos, escoamento e poluentes do ar podem arranjar forma de chegar ao campo de cânhamo, o que pode afetar seriamente o desenvolvimento e qualidade da planta.

Testar o solo é um componente fundamental do cultivo exterior e qualquer exploração de CBD de alta qualidade certificar-se-á de testar o seu solo e água regularmente para garantir os melhores resultados para os clientes.

O cultivo interior de cânhamo terá o seu próprio conjunto de condições que afeta a qualidade da flor de CBD. Os níveis de nutrientes, vetores de doença, qualidade do ar e temperatura podem ser difíceis de regular. Os fertilizantes orgânicos em oposição aos minerais também afetarão a qualidade da flor de CBD que acabará por ingerir. A lavagem adequada dessas substâncias químicas antes da colheita também pode afetar o produto que fumará, comerá ou vaporizará.

Quererá fazer a sua pesquisa e, se possível, falar diretamente com o produtor. Pergunte-lhe como progride o seu cultivo do início ao fim. Em ambos os casos, solicitar os resultados laboratoriais que verifiquem a qualidade do seu produto não é raro. Qualquer produtor com confiança no seu produto estará disposto a partilhar esses pormenores com os clientes para atenuar as suas preocupações.

Aspeto

Quem não gosta um bocado do apelo do pacote? A flor de cânhamo pode apresentar-se em todas as formas e tamanhos e a mesma variedade pode divergir bastante de aspeto de um produtor para o outro. À medida que se torna mais experiente em identificar as condições que causam determinadas características da flor de cânhamo, sentir-se-á à vontade para identificar a flor de CBD de qualidade superior.

Os botões de flor finos e pouco unidos são um sinal de más condições de cultivo. Neste caso, a falta de determinados nutrientes faz com que a planta delgada se concentre mais no crescimento vegetativo do que na produção de uma flor potente. A flor de CBD de alta qualidade será densa e terá um desenvolvimento uniforme.

Depois tem a secagem, que é o processo pelo qual a flor de CBD envelhece para reduzir o teor de humidade a valores ideais. A flor de CBD excessivamente húmida não arderá nem vaporizará por igual. Ficará muito pesada com água e clorofila, que é a origem do sabor a erva forte e amargo.

Uma flor seca é um sinal de que não há humidade suficiente presente para ajudar o botão a manter a sua forma. Pode acreditar que as glândulas resinosas que contêm o CBD também estão degradas neste caso.

Um meio-termo equilibrado garantirá a secagem correta da flor de CBD. Pode partir um bocado e o botão maior manterá a sua forma. O botão também deve ser peganhento ao toque, o que indica que as suas glândulas de resina permanecem intactas e contêm uma quantidade saudável de canabinoides, como THC e CBD.

Aroma

A mascote dos fruit loops, o Tucano Sam, disse-nos sempre para seguirmos o nosso nariz e por um bom motivo. O sentido olfativo, o olfato, é um dos mais poderosos no ser humano. Ele permite-nos detetar quando uma comida ou bebida se estragou” e pode representar um risco para a nossa saúde se a ingerirmos. O seu nariz também pode ajudar a identificar os cheiros negativos na flor de cânhamo.

A flor de CBD de alta qualidade terá um aroma pungente. Este é produzido pelos terpenos, flavonoides e canabinoides contidos nas glândulas de resina da flor. Frutado, aroma de pinheiro, odor a terra e forte são todas palavras que foram usadas para descrever os melhores exemplos de CBD.

Cheiros que nos lembram dos produtos de limpeza, solventes ou outras substâncias indesejáveis serão uma indicação óbvia de que algo se passa com esta flor e deve ser evitado.

Pode obter uma melhor profundidade do aroma beliscando uma flor ligeiramente. Esta abrirá algumas dessas glândulas de resina, o que facilita sentir o cheiro desses aromas bons ou maus.

Conteúdo de CBD

E se a flor para a qual estamos a olhar atingir todas as marcas? Ainda é o suficiente para certificar que esta flor de CBD é de alta qualidade? A resposta curta é que, embora seja um bom indicador de qualidade, ainda pode ser um mau exemplo de flor de alta qualidade. Eis o motivo—tal como acontece com as frutas e legumes que comemos todos os dias, as plantas de cânhamo têm diferentes níveis de compostos químicos no seu interior, o que as torna mais ou menos concentradas na cor, cheiro e, obviamente, conteúdo de CBD.

A única maneira de saber realmente a força ou fraqueza de uma colheira de flores de cânhamo é através de testes.

Normalmente, o que pode ser referido como um certificado de análise (COA), este relatório é o resultado de um laboratório certificado sobre a composição química de um composto. Neste caso, a flor de cânhamo. Estes testes são realizados após a colheita e usados para confirmar o conteúdo de um espécime. O relatório mostrará a concentração, ou a falta dela, em relação a vários canabinoides e outros compostos encontrados na flor de cânhamo.

Geralmente, as informações contidas no relatório incluirão:

  • Variedade de cânhamo
  • Número de lote
  • Hora de receção
  • Data do relatório
  • Validade dos resultados
  • Data de produção
  • Ambiente de testes
  • Os canabinoides presentes e a sua quantidade em relação ao tamanho da amostra ou porção
  • Assinatura do diretor do laboratório

Poderão ser incluídos mais ou menos pormenores, mas, geralmente, pode encontrar estes pontos de dados úteis em qualquer COA genuíno. Para uma marca, não deve ser difícil produzir este relatório para uma determinada amostra porque tem de provar que a sua atividade está de acordo com os regulamentos estabelecidos pela sua jurisdição.

Resultados Laboratoriais

Os certificados de análise, conforme mencionado acima, são fundamentais para confirmar a ciência por detrás da flor de CBD de alta qualidade. Contudo, nem todos os laboratórios são criados de forma igual. Uma marca não só o tem, como muitas vezes pode realizar o seu próprio teste para criar os dados encontrados nestes COA.

Com muito poucos regulamentos em matéria do conteúdo dos produtos de CBD, os clientes podem ser postos em risco se os resultados desse certificado não forem verdadeiros.

É por este motivo que os testes laboratoriais de terceiros devem ser o padrão de excelência usado para confirmar se os produtos de uma marca fornecem o nível de CBD e a falta de contaminantes que possam declarar.

Os melhores produtores da flor de CBD de alta qualidade disponibilizarão esses resultados laboratoriais de terceiros a toda e qualquer pessoa. Ou seja, um PDF ou outra imagem digitalizada de um relatório real devem ser disponibilizados no seu website ou a pedido. É importante que os consumidores não se contentem com uma resposta escrita porque podem obter informações falsificadas.

Resumindo, se estiver em contacto com uma marca e não tiver a certeza da qualidade da sua flor de CBD, peça o COA. Se o apresentarem imediatamente, pode ter a certeza de que, provavelmente, são de confiança. Se não puderem ou se recusarem a apresentar esse relatório, não perca tempo com discussões, basta passar à próxima marca.

Considerações Finais Sobre Como Encontrar a Flor de CBD de Alta Qualidade

Embora existam todas estas maneiras de identificar a flor de CBD de alta qualidade, ainda pode sentir-se apreensivo na sua pesquisa.

Quando tudo o resto falhar, deve entender que existe uma comunidade enorme de utilizadores de CBD tão preocupada com a qualidade como você. Estes reúnem-se online e pessoalmente para falar sobre a cultura de CBD, rotinas de tratamento e, claro, onde encontrar os melhores produtos de CBD.

Não tenha medo de contactar pessoas mais experientes do que você. Estas serão capazes de o informar de uma forma que, sozinho, não conseguiria alcançar. No mínimo, podem indicar-lhe a direção certa para encontrar o que procura.

Agora pode partir em busca dos melhores produtos de CBD com confiança, sabendo o que procurar e o que evitar.

Últimas Novidades sobre Canábis